BLOG ALLPRIME

CENTRALIZAÇÃO DO PODER - Medo de delegar

Autor: Ronald Thiel,  Data Criação: quinta, 07 de maio de 2020     "O medo de delegar é a vírgula que dá as pausas na empresa e que, se não entendida, irá se tornar o PONTO FINAL de uma HISTÓRIA". Ronald Thiel
A VÍRGULA
Entenda que, se você está com medo de delegar é porque não sente confiança. Descubra a causa do medo e terá a solução na sua frente. Para identificar a causa do medo, faça a pergunta abaixo e analise os 4 fatores que geram medo de delegar:

Por qual motivo tenho medo de delegar determinada tarefa?
1) A pessoa - Perfil desalinhado a função e/ou conhecimento abaixo do nível exigido pelo desafio);
2) A habilidade - O trabalho exige habilidades fora da sua Área de Talento e/ou Competências com desenvolvimento abaixo do nível exigido pelo desafio ;
3) O processo - Estrutura insuficiente e/ou Comunicação ineficiente ao ponto de gerar o resultado esperado;
4) A cópia - Quando o gestor não assume o papel de líder, permitindo um funcionário dar a cara dela à empresa.

O PONTO FINAL
Responda as perguntas abaixo para entender o efeito do medo de delegar com o passar do tempo?
1) O que o medo de delegar vem lhe proporcionando?
2) Se o medo de delegar persistir, o que você obterá no futuro?

Conteúdos como este são abordados todas as sextas-feiras no CAFÉ COM O LÍDER, às 06:30 da manhã, em LIVES pelo Instagram, no perfil @ronaldthielm.

Tags: Liderança inteligência emocional crenças coaching mentalidade mindset prosperidade dinheiro equipe resultado performance líder time trabalho em equipe   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


TRATANDO A MIOPIA EMPRESARIAL

Autor: Ronald Thiel,  Data Criação: terça, 28 de abril de 2020     Conforme o artigo da semana passada, a MIOPIA EMPRESARIAL é causada pela dificuldade do gestor em ver com clareza e entender os DOIS MUNDOS que influenciam um negócio, o mundo RACIONAL e o EMOCIONAL. Quando o gestor não busca tratar os sintomas desta doença, como consequência, a visão vai piorando gradativamente, chegando a cegueira, o que acarretará no FECHAMENTO DA EMPRESA.

Existem vários tratamentos, os quais irão corrigir a sua Miopia, lhe dando a possibilidade de enxergar bem. Estes tratamentos irão depender do grau de Miopia que você tem, portanto, o primeiro passo é identificar o seu grau de Miopia. Segue abaixo um método simples e eficaz para fazer isso:
PASSO 1: MATRIZ 360 - Liste os 10 sintomas da Miopia Empresarial:
1 - Centralização do poder;
2 - Dificuldade de ver as mudanças do mercado;
3 - Aumento geral no nível de estresse;
4 - Paralisia perante uma crise;
5 - Falta de criatividade;
6 - Desengajamento da equipe;
7 - Baixa produtividade da equipe;
8 - Ineficiência na execução;
9 - Não sabe com exatidão os números da empresa;
10 - Efeito secar gelo;
PASSO 2: Identificar o nível de Miopia:
Atribua notas de 1 a 10/ SOMAR E DIVIDIR POR 10
- De 0,25 à 3: Dificuldade leve de enxergar longe;
- De 3,1 à 6: Grande dificuldade de enxergar longe;
- De 6,1 até 8: GRAVE. Se direcionando para a cegueira;
- Acima de 8: Cegueira.
Este resultado lhe dará o seu nível de Miopia Empresarial relacionado ao seu negócio, desconsiderando a concorrência. Se você levar em conta a sua concorrência e a mesma estiver enxergando menos que você, o seu nível de Miopia Empresarial se torna menor perante o mercado, porém, se a concorrência estiver enxergando melhor que você, o seu nível aumentará quando levado em consideração a exigência do mercado.
PASSO 3: MAPEAMENTO DOS CONCORRENTES
1 Concorrente DIRETO (vende o mesmo produto);
1 Concorrente INDIRETO (vende o mesmo produto mas o foco está em outros produtos);
1 Concorrente INVISÍVEL (vende produtos substitutos para a mesma dor).
Para aplicar o terceiro passo, você terá que utilizar uma ferramenta, a qual você pode solicitar de forma gratuita pelo whatsapp 46 98407-2813. Ao nos contactar, diga que você está solicitando a ferramenta "MATRIZ 360 - Miopia Empresarial".

A MIOPIA EMPRESARIAL quando não tratada, poderá gerar as seguintes consequências:
1) NÃO ENXERGAR GRANDES OBJETOS AO LONGE:
- Não percebe o descontentamento dos clientes;
- Não entende que toda crise passa e traz com a retomada um consumismo acima da curva e, por não entender, não se prepara;
- Não percebe as tendências e mudanças do mercado.
2) CEGUEIRA:
- Dificuldades financeiras;
- Mobilização em bens que trazem prazer, status e não gera retorno financeiro;
- Retiradas pessoais exageradas e que não condizem com a realidade da empresa;
- Fechamento da empresa.

Os possíveis TRATAMENTOS são:
1) Empresas jovens com CONVICÇÕES não tão enraizados, pode ser feito o tratamento com CORREÇÃO.
Passo 1: Aumentar o nível de consciência do gestor (treinamentos);
Passo 2: Desenvolvimento da equipe (pessoas certas nos lugares certos/ desenvolvimento de competências/ criação de procedimentos);
Passo 3: Posicionamento de mercado (Quem é o seu cliente? - Mentoria irá lhe ajudar);
Passo 4: Plano de negócio (foco no resultado - Mentoria irá lhe ajudar).
2) Empresas mais antigas, com GESTORES CONSERVADORES, o tratamento é com CIRURGIA.
Passo 1: Ampliar a visão do gestor atual para receber o novo ou trocar o gestor (Mentoria Emergencial, pois este gestor só ouvirá alguém de fora da empresa);
Passo 2: Aplicar os 4 passos anteriores para fazer a correção.

Com estes procedimentos você ainda pode corrigir sua MIOPIA EMPRESARIAL e voltar a enxergar, evitando o FECHAMENTO da sua EMPRESA. Lembre-se do que falei no artigo da semana passada: Ninguém vai querer seguir um LÍDER SEM VISÃO e um LÍDER DE VISÃO, jamais irá aceitar em sua equipe alguém que não o siga.
Assim sendo, você precisa ver além das esquinas, ou seja, ver o que sua equipe não consegue enxergar e, a partir disso, CONTAR AS HISTÓRIAS certas para direcionar o seu time e posicionar o seu negócio. Caso precise de ajuda, é só entrar em contato, pois temos um TIME DE ESPECIALISTAS para desenvolver a sua visão de mercado.

Este artigo foi tema do CAFÉ COM O LÍDER de 24/04/2020. No artigo da próxima semana, irei abordar o sintoma da miopia empresarial chamado CENTRALIZAÇÃO DO PODER e você pode participar do programa ao vivo pelo Instagram @ronaldthielm. O próximo CAFÉ COM O LÍDER será no dia 01/05/2020 às 06:30h.





Tags: Liderança inteligência emocional crenças coaching mentalidade mindset prosperidade dinheiro equipe resultado performance líder time trabalho em equipe empresa familiar   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


MIOPIA EMPRESARIAL

Autor: Ronald Thiel,  Data Criação: sexta, 17 de abril de 2020     E aí LÍDER!!!

Você já parou para pensar sobre as reais causas dos problemas que a sua empresa vem passando?
A maioria dos líderes tendem a terceirizar a responsabilidade dos seus problemas, por este motivo, se intensifica o foco em uma crise ou em um vírus. Entenda que enquanto você estiver terceirizando a responsabilidade, você está ignorando as verdadeiras causas dos seus problemas e assim, os mesmos irão persistir.

O surgimento da liderança aconteceu quando os homo sapiens começaram a viver em assentamentos, surgindo a necessidade de se comunicar com grupos maiores que 20 indivíduos, assim a liderança começou a tomar forma através das HISTÓRIAS DE FICÇÃO, histórias que muitas vezes só existiam na imaginação, mas que criavam conexões com os indivíduos e assim facilitavam o convívio em grupo.
JAMES HUNTER, em seu livro “O monge e o executivo”, define liderança como a habilidade de influenciar pessoas para trabalhar entusiasticamente visando atingir os objetivos identificados como sendo para o bem comum. A partir do surgimento dos primeiros conceitos sobre liderança, sempre deu-se um grande foco nas pessoas e em suas necessidades. Podemos entender melhor os fatores motivacionais ligados a liderança ao entender a PIRAMIDE DE HIERARQUIA DAS NECESSIDADES de Abraham Maslow. Assim, percebemos que o incentivo desalinhado as reais necessidades do indivíduo poderá ter pouco ou nenhum efeito, portanto, para ser um bom líder, deveríamos entender de necessidades humanas individuais dos liderados.
O tempo foi passando e novos estudos foram surgindo e estes conceitos básicos até hoje são utilizados e ainda fazem sentido, toda via, mudanças ocorrem com cada geração e a cada novo ciclo que surgem, o líder precisa entender que o foco continua nas necessidades, porém, as percepções das necessidades mudam e as ferramentas e métodos também mudam.

Eu nunca acreditei no “acaso”.
As pessoas bem sucedidas não conquistaram o sucesso por acaso.
As pessoas fracassadas não fracassaram por acaso.
Os seus resultados, independentemente de serem bons ou ruins, NÃO ACONTECEM POR ACASO.
Tudo é um plantar e colher. OS RESULTADOS QUE VOCÊ NÃO TEM ESTÁ ATRELADO AO CONHECIMENTO QUE VOCÊ AINDA NÃO ADQUIRIU.

Em uma grande corporação existe o administrador, que toma decisões racionais, levando em consideração informações precisas e lógicas. Também existem os líderes, que por sua vez, tomam decisões emocionais, levando em consideração as variações da pessoa de acordo com seus medos e habilidades em detrimento ao desafio.
Para decisões mais complexas, administradores e líderes se reúnem para ter uma visão ampla da situação, levando em consideração a razão e a emoção, para assim tomar decisões mais precisas e equilibradas.
Já em uma EMPRESA FAMILIAR o gestor exerce os dois papeis, o de administrador e o de líder. E o seu perfil racional ou emocional, determinará as características do ambiente, tornando sua gestão mais racional e formal ou mais emocional e informal.

Costumo chamar de LÍDER DE HISTÓRIA o empreendedor de empresa familiar que consegue desenvolver a visão necessária para entender os DOIS MUNDOS que exercem pressão e determinam o futuro da empresa:
- O mundo Racional;
- O mundo Emocional.
O mundo Racional envolve a leitura, interpretação e tomada de decisões lógicas, onde temos o envolvimentos de números, gráficos e resultados.
O mundo Emocional envolve a identificação, interpretação e tomada de decisões levando em considerações as necessidades humanas, portanto, este mundo envolve medos, desejos e habilidades.

O verdadeiro líder consegue VER ALÉM DAS ESQUINAS.
Ninguém vai querer seguir um LÍDER SEM VISÃO e um LÍDER DE VÍSÃO, jamais irá aceitar em sua equipe alguém que não o siga.
O LÍDER DE HISTÓRIA tem pleno entendimento em 4 GRANDES ÁREAS:
- Estratégias (emoção);
- Controles (razão);
- Pessoas (emoção);
- Execução (razão).

O LÍDER MÍOPE acaba gerando os seguintes sintomas:
- Centralização do poder;
- Dificuldade de ver as mudanças do mercado;
- Aumento geral no nível de estresse;
- Paralisia perante uma crise;
- Falta de criatividade;
- Desengajamento da equipe;
- Baixa produtividade da equipe;
- Ineficiência na execução;
- Não sabe com exatidão os números da empresa;
- Efeito secar gelo;

A miopia quando não tratada faz com o que o líder:
- Não enxergue grandes objetos ao longe (DESCONTENTAMENTO DO CLIENTE);
- Fique cego (FECHAMENTO DA EMPRESA).

O LÍDER DE HISTÓRIA entende que ele precisa desenvolver visão dos dois mundos e a partir disso, desenvolver habilidades para poder se movimentar pelos dois mundos. O micro e pequeno empreendedor que não desenvolver estas habilidades estará encolhendo viver em apenas um destes mundos, conforme o seu perfil comportamental, ignorando a existência do outro, dando origem a uma grave doença na empresa: a MIOPIA EMPRESARIAL.

Este artigo foi tema do CAFÉ COM O LÍDER de 17/04/2020. No artigo da próxima semana, irei abordar os tratamentos para a miopia empresarial e você pode participar do programa pelo Instagram @ronaldthielm. O próximo CAFÉ COM O LÍDER será no dia 24/04/2020 às 06:30h.

Tags: Liderança inteligência emocional crenças coaching mentalidade mindset prosperidade dinheiro equipe resultado performance líder time trabalho em equipe   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


NÃO EXISTEM ATALHOS PARA O SUCESSO!

Autor: Ronald Thiel,  Data Criação: quinta, 09 de janeiro de 2020     Até quando você irá ACREDITAR EM PROMESSAS de uma VIDA FÁCIL?
Até quando você irá OFERECER A SUA ALMA em troca de RESULTADOS FÁCEIS?

Só falta agora você me dizer que também acredita em Papai Noel.
Eu não acredito em ACASO. Eu acredito que existe uma lei universal chamada LEI DA COLHEITA. Tudo que você planta você colhe, nem mais nem menos. Portanto, os resultados só virão se você iniciar ações específicas e cultivar hábitos que poderão te levar a estes resultados. E mesmo assim, isso não é garantia de colheita, agora, se você não plantar, com certeza não irá colher.

Me lembro das várias vezes que acompanhei minha família na lavoura... - nunca gostei, mas enquanto estava na casa dos meus pais, o mínimo que eu deveria fazer era contribuir com o sustento de todos - ...o desgaste físico desde o plantio até a colheita era enorme e meu pai sempre muito exigente em relação aos custos da empresa, pois era assim que ele chamava a sua pequena propriedade rural, "empresa". Vi várias vezes meu pai substituindo uma cultura por outra por não considerar a anterior lucrativa, pois sempre levava na ponta do lápis todos os detalhes do processo, ele em sua humildade sabia que o mais importante para uma "empresa" sempre foi e sempre será o LUCRO. Não interessa o quanto você fatura, mas sim a diferença daquilo que você não gasta para produzir o produto que originou determinada receita.

E foi assim a minha primeira experiência administrativa. E hoje vejo que meu pai estava correto, de nada adianta você querer ou ter uma receita de 1 milhão se gasta 1,5 milhões para manter o seu negócio no mesmo período. Por isso eu afirmo, NÃO EXISTEM ATALHOS PARA O SUCESSO! Entenda que é você quem terá que fazer os resultados diferentes acontecer e não será fazendo as mesmas coisas. Se o seu conhecimento ou método não está mais funcionando, procure alguém para lhe ajudar, alguém com conhecimento e método que lhe de segurança e principalmente, que gerará resultados consistentes baseado na estruturação da empresa e não somente focado em vendas. Pois o que adianta você atrair clientes por meio de estratégias de marketing e vendas que oferecem um determinado valor ao seu cliente se, na entrega deste valor você irá decepcionar o seu cliente. "ISSO É UM TIRO NO PÉ".

Dentre vários estudos que fiz e apliquei em minha empresa, percebi que existem 05 passos para chegar ao sucesso com uma empresa familiar:
1º - Se INDIGNAR com as situações que você vive;
2º - Ter muita CORAGEM para encarar a realidade;
3º - CONSCIÊNCIA necessária para perceber que o caminho que leva ao sucesso não é o mais prazeroso;
4º - Uso de suas maiores FORÇAS internas para se manter firme em seu propósito;
5º - Escolher o MÉTODO que se adeque a sua realidade e não a que todo mundo está utilizando.

E antes de qualquer coisa, se você tem uma empresa familiar, primeiro você deve aprender a trabalhar em família, pois você depende da sinergia gerada entre eles para fazer com que o seu negócio um dia se torne grande.
Se você quer desenvolver sua capacidade para liderar uma empresa familiar, acesse: www.primepersonal.com.br


Tags: Liderança inteligência emocional crenças coaching mentalidade mindset prosperidade dinheiro equipe resultado performance líder time trabalho em equipe empresa faimiliar   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


O LIMITADOR das pequenas empresas é o próprio empresário

Autor: Ronald Thiel,  Data Criação: quinta, 02 de janeiro de 2020     E aí líder!
Então você não tem tempo para ir à academia, fazer exames de rotina, passear no parque com a família... E o dinheiro então, ahhh! Só dá para pagar as contas no final do mês, isso quando dá. Viajar.... É difícil, ou não tem dinheiro ou a empresa não funciona sem você.

Bem, esta é uma situação que eu já vivi e que a maioria dos líderes estão passando. A liderança, o empreendedorismo, o sucesso na carreira, isso é o que todos almejam, porém, quando isso se torna uma realidade, as pessoas se tornam escravas do seu próprio negócio ou de sua posição...e o que antes era um sonho, agora é um pesadelo.
Entenda que os recursos que lhe trouxeram até onde você está não são suficientes para te levar ao próximo nível. O recurso que lhe ajudou a atravessar águas turbulentas não é o mesmo que te ajudará atravessar o deserto, você consegue entender isso?

Na maioria das vezes a solução está ali, na sua frente, mas os seus medos, sua zona de conforto e seus hábitos impedem você de ver a realidade. E eu lhe garanto, vou lhe mostrar a sua realidade, sem dó nem piedade, porque o meu propósito é fazer você decolar em sua carreira.
Por que não realizar os sonhos que estão na sua gaveta até o final de 2020?
• Comprar aquele carro, que é o seu sonho desde adolescente;
• Fazer a viagem dos seus sonhos e tirar fotos inesquecíveis;
• Tirar férias para poder aproveitar o tempo em família com as pessoas que você mais gosta;

E o melhor de tudo que é…
Ver o seu negócio passando para novos patamares de faturamento todos os meses...
Está nos seus planos de 2020 viver sem se preocupar se vai conseguir pagar todas as contas?
Para chegar nesse cenário e aproveitar o esforço do seu trabalho com dinheiro sobrando no seu bolso...
...você tem a opção de tentar fazer tudo isso sozinho, como um lobo solitário…
Sem ninguém para trocar experiências, sem um método que torne você mais produtivo…
Provavelmente, sem resultados para se alegrar...

A verdade é: talvez, se as coisas continuarem assim, você pode até FALIR OU JOGAR SUA CARREIRA NO LIXO.
Esse é, infelizmente, o fim da maioria dos líderes que preferem continuar sozinhos…
Mas, geralmente o erro de um líder não impacta só ele… Todas as pessoas ao seu redor são afetadas:
Família, filhos, amigos, clientes, fornecedores, funcionários, família dos funcionários e sócios...
O mercado não vai ter pena de você só porque a sua empresa é o seu sonho, por que você se esforça e trabalha duro!
Essa é a realidade nua e crua da liderança, que muitas pessoas não conheciam antes de ocupar esta posição ou abrir a primeira empresa…

A notícia boa é que:
Em meio a essa realidade caótica, existe um outro caminho que você pode preferir trilhar e economizar muitas frustrações.
Você pode e deve aprender com quem já teve resultados, porque isso vai te economizar duas coisas importantes: tempo e dinheiro!
Você já entendeu que precisa mudar os seus padrões de pensamento para obter mais dinheiro e conseguir ter uma vida melhor…

Vou te contar o segredo para o sucesso. Bem o segredo é que não existe segredo. As pessoas que se tornaram bem sucedidas entendiam e seguiam um único princípio: A lei da colheita. Tudo que você planta, você colhe, nem mais nem menos.
Perceba que entre comprar um carro de R$ 1 milhão e um R$ 10 mil, a diferença não está no ter, pois o ato de adquirir é o mesmo. O que torna estes cenários diferentes é a capacidade de aquisição e isso está relacionado ao ser. As pessoas levam a faculdade nas coxas, saem de lá com um diploma, mas não com uma formação e querem ainda obter os resultados de quem não são.
Para obter o sucesso desejado, você terá primeiro que mudar o “SER”, você terá que DESBLOQUEAR a sua mente para desenvolver capacidades para ter o que você quiser ter.

Então vou explicar agora como eu posso te ajudar a conseguir mais dinheiro e mais qualidade de vida em menos de 12 meses de um jeito muito simples e prático…
Por isso quero lhe apresentar o Programa PRIME PERSONAL...
O MELHOR PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE PERFORMANCE COGNITIVA está aqui, em sua frente, disponível para você dar uma guinada em sua carreira e obter os resultados que sempre sonhou.
É só você copiar o link e comprovar os resultados que os meus alunos obtiveram em apenas 3 meses: www.primepersonal.com.br

Tags: Liderança inteligência emocional crenças coaching mentalidade mindset prosperidade dinheiro equipe resultado performance líder time trabalho em equipe   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


LIDERANÇA - A solução está dentro de você

Autor: Ronald Thiel,  Data Criação: quinta, 02 de janeiro de 2020     E aí LÍDER!
Você já parou para pensar sobre o motivo que impede as pessoas de te seguirem?

Ouço muitos comentários do tipo: As pessoas não se comprometem mais; Os jovens não querem nada com nada; Não tem como competir com a internet; Os impostos estão nos matando..., e por aí vai.

Entendo você, pois também já pensei assim. Por muito tempo eu terceirizei a culpa do meu fracasso, até me dar conta de que eu sou fruto das minhas escolhas passadas e que nada nem ninguém pode assumir uma responsabilidade que é minha.

Me dói lembrar como eu comandava minha equipe há uns 10 anos atrás. Eu não suportava ver alguém parado e muito menos conversando com outro colega de trabalho, pois os resultados não vinham, então, logicamente, a culpa era deles. Dificilmente eu trabalhava menos de 10 horas por dia, uma vez que alguém precisava compensar a falta de resultados da equipe. Em geral, a empresa tinha bons resultados, mas graças ao meu trabalho árduo. Minha esposa e eu mantínhamos um bom padrão de vida e uma boa relação até o dia em que tudo começou a desmoronar.

Lembro-me muito bem daquela manhã, uma funcionária chegou na empresa relatando uma história que estava sendo contada na cidade a nosso respeito e isso nos abalou e foi aí que começamos a ter comportamentos para mostrar às pessoas que aquilo não era verdade. E a situação só se agravava, pois quanto mais insistíamos em mostrar a realidade mais aquela situação persistia.

Passaram alguns meses e o nosso faturamento caiu 80% e a situação começou a se agravar. Estava perdido e sem saber o que fazer, mas os meus comportamentos continuavam os mesmos, procurando provar algo a alguém. Neste período tínhamos a empresa matriz e mais 06 filiais e todas foram afetadas, inclusive meu casamento. Comecei a cobrar Deus por tanta coisa ruim que estava acontecendo, culpei as pessoas que não tinham o que fazer além de falar da vida dos outros, culpei minha esposa por não me apoiar em algumas decisões e culpei tantas outras coisas até me dar conta de que tudo isso foi originado quando quis ter uma vida de um empresário bem-sucedido que eu ainda não era. Neste momento eu entendi que para "TER", primeiro eu preciso "SER".

Para ter o carro dos sonhos, a casa dos sonhos, a viagem dos sonhos, ou seja, viver a vida que sempre sonhei primeiro preciso "SER" o profissional que irá gerar tudo isso. Para "TER" os benefícios de um empresário bem-sucedido, primeiro preciso me "TORNAR UM". Neste dia eu me dei conta do bosta de líder que eu era.

Primeira coisa que eu fiz a partir desta constatação foi conversar com minha esposa, disse a ela o que pensava sobre a situação e depois de alguns dias, após aplicar o Princípio de Pareto em nossos negócios, percebemos que apenas 20% deles geravam 80% dos resultados e o restante servia apenas para ostentar a imagem de empresário bem-sucedido e detonar com o lucro gerado pelos negócios lucrativos. Então tomamos decisões dolorosas:
- Vendemos 06 dos 07 negócios, ficando apenas com o mais lucrativo;
- Reduzimos de 18 para 01 funcionário e minha esposa e eu passamos a agregar mais funções;
- Vendemos nossa casa para investir no negócio;
- Começamos a explorar novos mercados.

O ano seguinte foi extremamente desgastante pelo acúmulo de tarefas, mas valeu a pena, pois no segundo ano os resultados começaram a surgir com mais frequência e em 3 anos estávamos com uma nova equipe montada e com incríveis possibilidades de crescimento. Com estratégias e pessoas certas alavancamos o nosso negócio e hoje eu entendo que o Líder precisa ter visão, pois ninguém vai querer seguir um líder sem visão e nenhum líder de visão vai querer alguém que não o siga. Portanto, se você quer prosperar em seu negócio, siga as seguintes dicas:

- Pare de terceirizar a sua incompetência;
- Desapegue daquilo que te trouxe até onde chegou, pois o próximo nível dependerá de novos métodos;
- Aprenda a trabalhar com seu cônjuge, pois empresas familiares dependem disso para promover o crescimento;
- Seja um especialista em resolver os problemas do seu cliente, pois ele não liga para o quanto você trabalha, ele só quer saber de uma coisa: Que resolva o problema dele;
- Desenvolva a capacidade de mudar rápido e com frequência.

Se você estiver disposto a mudar seu sistema de convicções mentais para desbloquear sua mente e alavancar seus negócios, venha fazer parte do meu Programa de Aceleração de Performance Cognitiva, o PRIME PERSONAL, e assim se tornar um LÍDER DE HISTÓRIA.
Saiba mais em: www.primepersonal.com.br


Tags: Liderança inteligência emocional crenças coaching mentalidade mindset prosperidade dinheiro equipe resultado performance líder time trabalho em equipe   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


SUCESSO - Vire a chave...

Autor: Ronald Mateus Thiel,  Data Criação: quinta, 05 de dezembro de 2019     "SE VOCÊ BUSCA FAZER SOMENTE O QUE É FÁCIL, ENVERGONHE-SE, DO CONTRÁRIO, NUNCA SABERÁ O QUE É SUCESSO".
A maioria das pessoas buscam viver uma vida baseada em prazeres momentâneos, mas nunca pararam para analisar o quanto lhes custa estes prazeres. O prazer está ligado ao consumo e o SUCESSO está relacionado a construir um futuro de gratificações duradouras. Em uma tomada de decisões, sempre haverá no mínimo em sua frente, dois caminhos:
- O caminho do PRAZER: Este lhe oferece soluções práticas, rápidas, com pouco ou nenhum sacrifício, gerando prazer e satisfação somente no momento imediato do consumo.
- O caminho do SUCESSO: Um caminho repleto de obstáculos, que gera muita dor e aprendizado. Haverá a priorização da conquista futura, abdicando dos prazeres momentâneos para saborear uma conquista repleta de gratificações duradouras ou permanentes.

Não existem atalhos, você terá que plantar para talvez, um dia colher. Você pode levar a faculdade nas coxas e obter um diploma, porém não obterá uma formação. Portanto, não reclame quando se deparar com resultados de quem somente tem um diploma.

"VOCÊ SÓ COLHE O QUE PLANTA, NEM MAIS, NEM MENOS".

Tags: SUCESSO TALENTO SATISFAÇÃO AUTOCONHECIMENTO LIDERANÇA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


AUTOCONHECIMENTO - Primeiro passo para a prosperidade

Autor: Ronald Mateus Thiel,  Data Criação: quinta, 05 de dezembro de 2019     Dentre vários estudos, posso lhe garantir que é impossível criar um desempenho extraordinário tendo apenas conhecimento e aprendizado de técnicas. A teoria de que cada um pode ser o que bem quiser, bastando para isso adquirir conhecimento e disciplina necessária para aplicá-lo, É FALSA. A disciplina, a técnica e o conhecimento tornam as pessoas melhores em qualquer área, mas nada compensa a falta de talento. O risco de investir uma vida inteira em treinamento repetitivo sem ter talento como base, é justamente ficarmos saturados antes de alcançar os resultados que desejamos.

Entenda que um dos principais fatores que o levará a desistir de um objetivo é a falta de paixão. E esta paixão vem do talento. Todos os esforços e investimentos feitos em uma área desalinhada com o seu talento fará sim, melhorar o desempenho, porém, você jamais se tornará o melhor, jamais sairá da média. Se você quiser sair da média e obter resultados extraordinários em sua vida, primeiro você deve descobrir a sua área de TALENTO.

O QUE É UM TALENTO? Talento é uma aptidão para fazer alguma coisa com uma naturalidade superior à maior parte das outras pessoas. Tente lembrar dos brinquedos que você ganhou quando criança, perceba que algum deles despertou em você um desejo de ser um bombeiro, um médico, um construtor, um mecânico ou qualquer profissão que seja. Essa paixão inocente por determinada profissão, sem se preocupar com salário, status social e o que seria necessário para alcançá-la, é um forte indício de onde está seu talento. Caso você não tenha estas lembranças ou estes sentimentos tão vívidos por uma profissão específica, cabe a você buscar ajuda de profissionais que possam lhe ajudar a descobrir a sua área de talentos.

Lembre-se: O mais importante não é subir rápido a escada e sim, saber se a escada está apoiada na parede certa.
Dica para a descoberta de suas forças internas: https://www.primepersonal.com.br/



Tags: talento prosperidade desempenho performance autoconhecimento   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


DESCENTRALIZAÇÃO DO PODER. DOMINE ESTE JOGO!

Autor: Ronald Mateus Thiel,  Data Criação: sexta, 28 de dezembro de 2018     DESCENTRALIZAÇÃO DO PODER. DOMINE ESTE JOGO!

Vou lhe contar um segredo: “Quando você delegar o trabalho, deixe o liderado em paz”.

No artigo de William Onken para a Harvard Business Review, discute-se a tendência de gestores a ficarem sobrecarregados com trabalhos que delegaram a outros.

Ele indicou que funcionários são mestres da delegação invertida. Na metade do trabalho, eles voltam para o gestor e perguntam se ele pode ajudar com informações ou telefonemas. O gestor, querendo ajudar, acaba assumindo o mico para ele. A partir deste momento, o funcionário precisa esperar até que o gestor complete sua tarefa para aí então ele avançar para o próximo passo.

Em pouco tempo o funcionário passa a ser gestor e o gestor passa a ser funcionário. De agora em diante, se o funcionário pedir ajuda em uma parte do trabalho, não se ofereça, pergunte: O que você deve fazer, e que dependa somente de você fazer para chegar ao resultado proposto? O que você acha que deveria ser feito?

Qualquer que seja a resposta, encoraje-a a agir. Ela aprenderá os passos em pouco tempo. Não retome a tarefa que você cedeu.

  Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


QUAL É A SUA INSATISFAÇÃO?

Autor: Ronald Mateus Thiel,  Data Criação: sexta, 28 de dezembro de 2018     QUAL É A SUA INSATISFAÇÃO?

A proclamação parte de uma insatisfação seguida da coragem de anunciar ao mundo o que você não concorda e que está disposto a fazer de tudo para mudar este cenário.

É assim que se dá a mudança do curso de uma história. É assim que nos diferenciamos no mercado. A empresa que manifesta a sua insatisfação por algo e faz disso a sua luta, começa a conquistar seguidores que a apoiam, e a partir disso, não estará mais competindo pelo menor preço do mercado, pois os seus seguidores são seus e de mais ninguém. Eles apoiam a sua luta.

Qual é a sua insatisfação? Qual é a sua luta? Qual é a luta da sua empresa?
Seja autêntico e lute por algo que faça sentido para você e para seu público: Os seus seguidores.

  Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


LIDERANÇA

Autor: Ronald Mateus Thiel,  Data Criação: sexta, 28 de dezembro de 2018     LIDERANÇA

De acordo com Bennis, "liderança sempre existiu, e ao defini-la verifica-se que está ligada a um fenômeno grupal, consiste em uma influência exercida intencionalmente por parte do indivíduo que lidera sobre as outras pessoas. O processo de liderança tem mão dupla. Não abrange apenas o cargo do líder, necessita de cooperação das pessoas e o objetivo final só se concretizará se as ações pretendidas pelo líder forem assimiladas e correspondidas pelos subordinados ".

Neste contexto fica claro que, para a liderança ser efetiva é necessário engajar a equipe com algo mais profundo que o simples cumprir tarefas. Algo que faça sentido para cada integrante da equipe.

O que você vem fazendo para engajar a sua equipe?

  Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


LIDERANDO COM INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Autor: Ronald Mateus Thiel,  Data Criação: sexta, 28 de dezembro de 2018     QUAL É A SUA INSATISFAÇÃO?

Na maioria das situações administrativas, tentamos ser racionais e lógicos com respeito a nossas responsabilidades gerenciais. Afinal de contas, é isso que somos pagos para fazer: pensar, decidir e agir com inteligência. Somos pagos para pensar, não para sentir ou nos preocupar. Esse método parece sensato, mas, não é muito eficaz.

Quando trata-se de relacionamento, não podemos ser eficientes, temos que ser eficazes, pois as pessoas são seres que carregam emoções, as quais desencadeiam outras emoções similares às iniciais. Veja o Exemplo:

Você, gerente comercial, ao ser informado pelo presidente da empresa que a sua equipe comercial não irá conseguir cumprir os prazos caso não haja mudanças e que não se sente satisfeito com os resultados atuais. Você vai até o supervisor de vendas e inicia um efeito cascata. Agora o supervisor, com o humor alterado, passa a concentrar-se em detalhes, e a busca por problemas e erros é facilitada. Este também começa a se lembrar de outras promessas que você fez e não cumpriu. O resultado disso tudo é que o supervisor fica furioso, e você, carrancudo e relutante, concordando em fazer tudo o que o supervisor pedir, tudo em nome de uma meta quase perdida. Isso não é um grande resultado, não acha?

O LÍDER EFICAZ aborda esta situação focado no resultado e no suporte, não no problema e na pressão. O líder precisa aprender a despertar emoções positivas em cada colaborador, as quais gerarão mais emoções semelhantes e que possam impulsionar os resultados.

O QUE VOCÊ PODE FAZER A PARTIR DE HOJE PARA GERAR MAIS EMOÇÕES POSITIVAS EM SUA EQUIPE?

  Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


VOCÊ ESTÁ SATISFEITO COM OS RESULTADOS NAS VENDAS?

Autor: Ronald Mateus Thiel,  Data Criação: sexta, 26 de outubro de 2018     Entre várias formações que fiz, sem dúvida alguma, a mais impactante até aqui foi o encontro que tive com Brian Tracy. Atualmente ele é considerado o Business Coach Nº 1 do mundo, e em meio tantas experiências, se destaca sua atuação no estudo dos vendedores mais bem sucedidos do mundo, onde ele destaca uma grande lição, talvez a mais importante tratando-se de vendas: “Sua vida só melhora quando você melhora”.

Você só alcançará algo mais no lado externo depois de alcançar algo mais no lado interno. Isso quer dizer que, se quiser que os clientes melhorem, você deve se tornar um vendedor melhor. Se quiser que a equipe torne-se melhor, você deve tornar-se um líder melhor. Se quiser que sua família melhore, seja um esposo e pai melhor. Se você quer que seu cliente obtenha resultados incríveis com o seu produto, ensine-o a usá-lo.

Seu mundo só melhora se você melhorar. Portanto, em que áreas do trabalho e da vida pessoal você precisa melhorar, se quiser que as coisas melhorem em sua vida?

Tags: Prime Meta Vendas Dr. em vendas Comercial Gestão de vendas área comercial Diretor Comercial   Facebook Twitter Google Plus WhatsApp


Entre em contato conosco e saiba mais!
  • Rua Otávio Kischner, 996 - Centro
    Capanema - PR
  • Atendimento de segunda a sexta-feira
    das 08:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:00
  • Atendimento pelo telefone

    46 3552-1999

  • Acompanhe a AllPrime
    nas redes sociais.
  •         

AllPrime Soluções Corporativas 2017 | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Mar Virtual